Grécia resgata 340 imigrantes em naufrágio no Mediterrâneo e muitos seguem desaparecidos

Pelo menos 340 imigrantes foram resgatados de um barco que naufragou nesta sexta-feira, em uma grande operação no sul do Mediterrâneo perto da ilha de Creta, informou a guarda-costeira da Grécia. Quatro corpos também foram recuperados e ainda há um número desconhecido de pessoas desaparecidas, que ainda estão sendo procuradas. O incidente foi o terceiro em uma semana que envolveu resgate ou chegada de imigrantes à ilha.

De acordo com o jornal The Guardian, a Organização Internacional pela Migração (IOM) disse que mais de 700 pessoas estavam a bordo da embarcação de madeira, que navegava em direção à Itália. Já a guarda-costeira informou que entre 400 e 500 estavam no barco, mas não pôde confirmar o número exato. Não há informação de imediato sobre a nacionalidade dos imigrantes ou sobre as vítimas.

A mídia grega relatou que o barco de madeira em que os imigrantes viajavam começou a encher de água durante a travessia. Segundo a IOM, pelo menos mil pessoas morreram ou estão desaparecidas no mar Mediterrâneo, após uma série de naufrágios de barcos de imigrantes na última semana. O grupo informou que o número de vítimas deste tipo de acidente em 2016 é 34% mais alto do que nos cinco primeiros meses do ano passado.

*Com Reuters

Confira também

Latinos viajam aos EUA em busca de imunização

Cidade do México e Lima – Um anúncio de uma agência de viagens oferece promoções …