Governo entrega armas ‘usadas’ para Guarda Civil

Foram entregues para a Guarda Civil Municipal (GCM) 275 revólveres na manhã desta quinta-feira (2), em solenidade na governadoria. As armas, que já foram usadas pela Polícia Militar, serão utilizadas por guardas municipais treinados e qualificados a partir de novembro deste ano.

Conforme o secretário da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) Barbosinha, os revólveres calibre 38 eram utilizados por policiais militares de Mato Grosso do Sul, que passaram a usar pistolas .40. “Na medida em que as armas foram substituídas, houve oportunidade de podermos contribuir com a nossa GCM”, disse.

O secretário ainda lembrou que a Guarda Municipal de Dourados já faz uso de armas letais e não letais há algum tempo e ele afirma que é referência nacional. Para Barbosinha, o uso de arma de fogo pelos guardas na Capital será um reforço importante não só para proteção do patrimônio público, mas também no reforço da segurança pública.

As armas de fogo ainda estão em poder da polícia, até que os guardas concluam a preparação. O secretário municipal de segurança pública, major Luidson Noleto, contou que de 150 a 200 guardas municipais fazem treinamento para poderem atuar armados em uma primeira fase. Posteriormente, outros devem iniciar a qualificação. “É um momento histórico para a guarda de Campo Grande”, afirmou.

Conforme o major Noleto, o processo de qualificação é feito com foco no respeito aos direitos humanos e a previsão é de que os guardas estejam com as armas em novembro, quando concluírem os treinamentos. O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) destacou que, quando assumiu o cargo criou política de parceria com a segurança pública e, com essa doação de armas, é demonstrado o entendimento entre as partes.

“Essa entrega dará condições a esses profissionais treinados e qualificados a fortalecerem a segurança do nosso Estado”, disse o governador. Ele ainda previu investimentos maiores se comparados a 2015, de mais de R$ 200 milhões no orçamento da segurança. O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Jorge Edgard Júdice Teixeira, afirmou que há boa integração entre PM e GCM, que realizam operações em conjunto.

Conforme o coronel, os policiais militares também auxiliam na instrução de alguns cursos e a parceria tem dado bons resultados. “Agora com a possibilidade de melhor aparelhamento da GCM, tenho certeza que alcançaremos melhores resultados”, afirmou.

O prefeito Alcides Bernal (PP) ainda ressaltou que com parceria, organização e estratégia e possível chegar ao resultado positivo “Estamos passando por momento difícil econômica e politicamente, onde há uma grande crise moral, em que poderes e estâncias precisam preservar valores importantes”.

*Midiamax

Confira também

Mais de 14 mil doses da Pfizer pousam em Campo Grande nesta segunda

Mato Grosso do Sul recebe o vigésimo lote de vacinas contra Covid-19, com 14.040 doses …