Atirador deixa ao menos dois mortos na Universidade da Califórnia

Dois homens morreram em um possível caso de assassinato seguido de suicídio na Universidade da Califórnia (UCLA) em Los Angeles, no oeste dos Estados Unidos, nesta quarta-feira. De acordo com o chefe da polícia de Los Angeles, Charlie Beck, uma arma foi encontrada na cena do crime, que ocorreu dentro do prédio da faculdade de Engenharia, e a investigação preliminar aponta que as duas vítimas eram as únicas pessoas envolvidas no incidente.

O campus foi interditado durante algumas horas, mas os estudantes já foram liberados e a situação foi contida, afirmou Beck. Por precaução, agentes do FBI e da polícia local estão revistando a universidade, onde estudam cerca de 40.000 alunos, para se certificarem de que não há mais envolvidos, reportou a rede americana CNN.

Alunos contaram ter escutado sons de tiros, de acordo com o jornal universitário The Daily Bruin, e por volta das 14 de hoje (10h no horário local) um alerta foi enviado para que todos ficassem onde estavam. Com medo, alguns estudantes improvisaram trancas nas portas das salas de aula.

*Veja.com

Confira também

Rússia produz vacina contra covid para animais

A Rússia produziu 17 mil doses de uma vacina contra a covid-19 para ser utilizada …