‘Sou rica’: Adele fecha acordo de R$ 470 milhões com a Sony

Mais do que nunca, Adele pode tomar emprestada aquele bordão eternizado por Carolina Ferraz no mundo da teledramaturgia: “Sou rica”. A cantora, que já era dona de uma bela fortuna, vai dobrar sua conta bancária com o acordo de 90 milhões de libras (467 milhões de reais) fechado com a gravadora Sony. Segundo o jornal inglês The Sun, o valor astronômico é o mais alto da história para um músico britânico.

O novo contrato se deve ao fato de que o antigo, que ela tinha com o selo independente XL, chegou ao fim neste ano. Adele estava no XL desde aos 19 anos e lançou seus três discos pelo selo. O novo acordo dará à Sony o direito de lançar com exclusividade o próximo material da britânica, através do selo Columbia.

Nenhuma das partes confirmou oficialmente o negócio, porém, uma fonte da Sony disse ao The Sun que o acordo estaria fechado. “Nós asseguramos Adele, que é sem dúvida a maior estrela da nossa geração”. Segundo o jornal, ela deve assinar o contrato nas próximas semanas. Com isso, Adele vai duplicar sua fortuna, avaliada hoje em 85 milhões de libras.

*Veja.com

Confira também

Nova versão de ‘Zóio de Lula’, com D2, homenageia Chorão

Uma nova versão de Zóio de Lula – hit do Charlie Brown Jr. lançado em 1999 – …