Rapaz é pego vendendo droga e afirma não saber de nada

Um rapaz de 22 anos foi preso em flagrante na madrugada deste domingo (22), enquanto comercializava droga na rua Madre Cristina, bairro Tarsila do Amaral. Ao dizer que era trabalhador e tinha endereço fixo, rapaz acabou se complicando ainda mais.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para verificar um aglomerado de pessoas em atitudes suspeitas no meio da rua. No local, os militares abordaram um rapaz identificado como Azarael, que estava com uma porção de cocaína na carteira. Foi verificado ainda que ele possuía um mandado de prisão em aberto. Azarael informou também, que havia acabado de comprar do autor Max Muller, que também estava no aglomerado, e que pagou R$50 pela droga.

Com Max foi encontrado ainda dois papelotes de cocaína no bolso de seu casaco e R$56,25 em sua carteira. Questionado a respeito da afirmação de Azarael, o autor disse que não sabia de nada e que era trabalhador e tinha endereço fixo.

A polícia então foi até o endereço dado pelo autor, na rua Bidu Savão, e em busca pelo local encontraram escondido atrás do sofá da sala, uma sacola contendo 18 papelotes e uma porção de cocaína, duas porções de maconha, um carregador de pistola cal.380 e 22 munições de cal.380.

Na estante da casa havia também uma balança de precisão, um rolo de papel filme e um rolo de papel seda. Azarael foi detido por seu mandado em aberto e Max preso em flagrante por tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), do Centro. A droga foi encaminhada a Denar (delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico).

*O Estado Online

Confira também

Cachorros e galinhas morrem de fome e sede ao serem abandonados trancados em casa

Vizinhos de uma moradora do bairro Jardim Violetas em Três Lagoas a 338 quilômetros de …