Começa na Capital Federal, o 11ª Feirão Caixa da Casa Própria. Considerado o maior do ramo imobiliário, o 11º Feirão acontece também em outras 13 cidades do país, de abril a junho de 2015 ( Elza Fiuza/Agência Brasil)

Feirão oferece 4 mil imóveis a partir do dia 3 na capital

Para quem pretende realizar o sonho da casa própria, a 13ª Feira de Imóveis e Oportunidades pode ser a chance de fechar negócio. Será realizada entre 3 e 5 de junho em Campo Grande. Serão oferecidos mais de quatro mil imóveis entre imóveis novos prontos e na planta e usados. O evento é uma parceria do Secovi-MS (Sindicato da Habitação de Mato Grosso do Sul) com a Caixa Econômica Federal. “Esperamos ter o mesmo sucesso obtido na 12ª feira ocorrida em 2015, onde foram negociados em torno de R$ 150 milhões”, diz o superintendente regional da Caixa, Evandro Narciso Lima.

As condições para financiamento são para imóveis em Campo Grande, na faixa do MCMV (Minha Casa, Minha Vida), de até R$ 170 mil, a Caixa financia até 90% do valor de compra e venda, com taxas de juros que variam de 5,5% a 8,16% ao ano, com prazo de até 360 meses. Para o presidente do Secovi-MS, Marcos Augusto Netto, essa faixa de financiamento será a mais negociada. “Pelas experiências passadas as mais vendidas serão de R$ 100, R$ 120 até R$ 170 mil.

Mas isso não impede que outras faixas de preço sejam atingidas, no ano passado tivemos negócio de R$1 milhão fechado durante a feira”. Imóveis com valor de até R$ 650 mil terão juros de até 11,83% ao ano Para os imóveis enquadrados na linha de crédito do SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo), com valor acima de R$ 650 mil, o financiamento é de até 80% do valor de compra e venda, com taxas de juros entre 10,2% a 11,83% ao ano, com prazo de até 240 meses no SBPE e de até 420 meses no SFI (Sistema de Financiamento Imobiliário).

O presidente do Secovi-MS está otimista com os resultados que serão alcançados na feira. “Acredito que teremos boas vendas por três motivos. A demanda existe, porque um dos maiores sonhos das pessoas é ter a casa própria, segundo existe o financiamento imobiliário e por último a oferta de produtos, pois, existe um estoque a ser oferecido e sem dúvida as condições serão boas e passíveis de negociação” destaca Marcos.

Feirão conta com a participação de dez empresas entre as construtoras

Na ocasião estarão presentes dez imobiliárias, incorporadoras e construtoras que oferecerão opções variadas de imóveis para todos os públicos, alguns ainda na planta e outros prontos para morar. A Caixa, patrocinadora do evento, estará presente com uma agência especializada em financiamentos imobiliários. Nela será possível consultar um dos gerentes ligados à habitação que estarão disponíveis durante toda a feira.

Segundo o superintendente regional, com esse atendimento será possível realizar consultorias de financiamento. “O objetivo é orientarmos sobre o melhor investimento imobiliário disponível para cada situação”, afirma Evandro. Além disso, será possível fazer consultas ao saldo do FGTS, bem como se informar sobre amortização de dívidas imobiliárias.

A expectativa é de que 5 mil pessoas passem por lá durante os três dias de evento. “A feira é muito importante porque traz recursos federais que serão injetados na economia da cidade. Além de movimentar o setor,” afirma Netto. A feira funcionará no Shopping Norte Sul Plaza das 10h às 22h sexta e sábado e no domingo das 12h às 20h.

*O Estado Online

Confira também

Mais de 14 mil doses da Pfizer pousam em Campo Grande nesta segunda

Mato Grosso do Sul recebe o vigésimo lote de vacinas contra Covid-19, com 14.040 doses …