Em reunião com Temer, deputados vão indicar aliado de Cunha para a liderança do governo

O presidente interino Michel Temer vai comandar nesta terça-feira a sua primeira reunião com aliados na Câmara dos Deputados. No encontro, Temer vai receber de parlamentares do “centrão”, grupo que pavimentou o impeachment de Dilma Rousseff, um documento formalizando o apoio ao deputado André Moura (PSC-SE) para o posto de líder do governo, cargo responsável pela ponte entre o Planalto e a Câmara. Moura é tido como um dos principais braços-direitos de Cunha.

Ele é investigado na Operação Lava Jato por corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro justamente por atuar a favor do peemedebista na Casa. O nome de Moura foi oficializado na manhã desta terça em reunião com representantes de treze partidos, entre eles PMDB, PSD, PP e PRB. Partidos que faziam oposição ao governo Dilma trabalham para que o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) assuma a liderança. Eles também vão participar do encontro com Temer nesta tarde.

(Fonte: Veja.com)

Confira também

Bruno Covas, prefeito de SP, morre aos 41 anos

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), morreu às 8h20 deste domingo (16) aos …