EI faz múltiplos ataques na Síria e mata pelo menos 78 pessoas

Pelo menos 78 pessoas morreram e outras 200 ficaram feridas em uma série de ataques terroristas, incluindo atentados suicidas, reivindicados pelo Estado Islâmico, informou a imprensa estatal do país. Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos, passa de 120 o número de mortos.

Os ataques começaram em cidades Tartus e Jableh, redutos pró-governo. Os principais alvos foram estações de ônibus e um hospital. Os ataques marcam uma nova escalada no conflito, enquanto as principais potências mundiais tentam retomar as negociações pela paz na Síria.

De acordo o Observatório Sírio, no total aconteceram sete explosões: quatro em Jableh, com três atentados suicidas e um carro-bomba, e três em Tartus, com dois homens-bomba e um carro-bomba. Os ataques coordenados e quase simultâneos marcaram uma falha grave na segurança das fortalezas do governo. Tartus e Jableh são os lares de milhares de pessoas que se deslocaram de áreas atingidas pela violência em toda a Síria, a procura de segurança..

*Com Estadão Conteúdo

Confira também

Rússia produz vacina contra covid para animais

A Rússia produziu 17 mil doses de uma vacina contra a covid-19 para ser utilizada …