Conta da Capital é a pior do Centro-Oeste

A situação das contas públicas de Campo Grande é a pior entre as capitais do Centro Oeste, mostra a 11º edição do anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, divulgada ontem pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP). Conforme o levantamento, a receita total da capital sul-mato-grossense cresceu 1,24% em 2015, muito abaixo dos incrementos de Goiânia (11,58%) e Cuiabá (15,75%). No fechamento do ano, a prefeitura campo-grandense contabilizava déficit de R$ 227,278 milhões. O saldo de Goiânia também foi negativo, porém menor (R$ 173,593 milhões); e o resultado de Cuiabá foi positivo, em R$ 85,405 milhões.

Pelos números do anuário, a receita total de Campo Grande foi de R$ 2,577 bilhões em 2015 e de R$ 2,545 bilhões no ano anterior, incremento de 1,24%. As das demais capitais da região foram, em 2015, de R$ 1,694 bilhão (Cuiabá) e de R$ 3,507 bilhões (Goiânia). Em 2014, os valores desses municípios foram, respectivamente, de R$ 1,464 bilhão e de R$ 3,143 bilhões.

*O Estado Online

Confira também

Em 5 horas, edição especial do Funsat Itinerante termina com 42 pessoas empregadas

A edição especial do Funsat Itinerante, realizada neste sábado (1º) no Jardim Los Angeles, terminou …