Bayern contrata Hummels e promessa portuguesa

O Bayern de Munique, do técnico italiano Carlo Ancelotti, substituto de Pep Guardiola para a temporada 2016/2017, terá duas novidades importantes. Nesta segunda-feira, o campeão alemão anunciou as contratações de Mats Hummels, capitão do rival Borussia Dortmund e campeão mundial em 2014, e do português Renato Sanches, de apenas 18 anos. A negociação com a revelação do Benfica pode chegar a 80 milhões de euros (322 milhões de reais).

Ambos assinaram contratos até 2021. Para ter a joia Renato Sanchez, que também era pretendido pelo Manchester United, o Bayern pagou 35 milhões de euros fixos e pode pagar mais 45 milhões de euros variáveis, caso o atleta conquiste objetivos estipulados em contrato (como o prêmio Bola de Ouro da Fifa, por exemplo).

Com apenas 18 anos, o meia atuou em 24 dos 36 jogos do Benfica no Campeonato Português, marcou dois gols e já vem sendo convocado para a seleção portuguesa. “O Bayern vai ficar com Sanches por um longo período. Estamos satisfeitos de assinar com ele, apesar da grande competição internacional. Renato é dinâmico, um bom defensor e um meio-campista tecnicamente qualificado para acrescentar ainda mais força ao Bayern”, afirmou o ex-jogador e hoje presidente do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge.

A contratação de Hummels, porém, causou mais impacto na Alemanha. Mais uma vez, o Bayern conseguiu seduzir um ídolo do rival Borussia Dortmund, como já havia feito com Mario Götze e Robert Lewandowski. Os valores da transação não foram divulgados, mas a multa rescisória do atleta de 27 anos estava estipulada em cerca de 40 milhões de euros (159 milhões de reais).

Hummels é nascido em Munique e formado nas categorias de base do Bayern, mas se tornou ídolo no Borussia, onde atua desde 2008. Assim como aconteceu com Götze, contratado pelo Bayern às vésperas da final da Liga dos Campeões de 2013 entre as duas equipes, Hummels ainda terá uma final por jogar diante de seu futuro time: no dia 21, Bayern e Borussia decidem a final da Copa da Alemanha.

Ao site oficial do Borussia, Hummels prometeu dedicação total na decisão diante do Bayern. “Não foi uma decisão fácil após oito anos e meio de BVB. Sempre tive o orgulho e ainda tenho de vestir essa camisa e fazer parte dessa equipe excepcional. Antes de voltar para a minha cidade natal temos um objetivo em comum: trazer mais uma vez a Copa da Alemanha para Dortmund e comemorar com nossos torcedores. Eu vou dar tudo de mim nessa final, assim como meus companheiros. Eu sinceramente agradeço a todos eles, aos funcionários e à torcida por todo esse tempo maravilhoso vestindo amarelo e preto”.

(Fonte: Veja.com)

Confira também

Vasco apresenta balanço financeiro e anuncia dívida superior a R$ 800 milhões

Em evento inédito no clube, o Vasco realizou uma coletiva – em forma on-line – …