Barroso, sobre a possibilidade de Jucá influenciar o STF: “Duvido muito”

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luis Roberto Barroso afirmou nesta segunda-feira que não acredita que o ministro do Planejamento, Romero Jucá (PMDB-RR), tenha qualquer influência sobre a decisão dos juízes da corte, conforme sugeriu peemedebista em conversa gravada com o ex-presidente da Transpetro Sergio Machado. O áudio, que está em posse da Procuradoria-Geral da República, foi revelado pelo jornal Folha de S. Paulo. Jucá é alvo de inquérito da Lava Jato no STF por suposto recebimento de propina.

Na gravação, Jucá diz que tem “poucos caras ali [no STF]” aos quais não têm acesso. Um dos únicos seria o ministro Teori Zavascki, que conduz a Lava Jato, a quem chamou de “um cara fechado”. Para Barroso, é normal que parlamentares tenham acesso aos ministros do STF, mas isso não significa que possam influenciá-los. “Eu duvido muito que isso aconteça. Eu acho que isso é uma não possibilidade. É impensável, nos dias de hoje, supor que alguém tenha, individualmente, a capacidade de paralisar as instituições”, afirmou.

*Veja.com

Confira também

PF desarticula traficantes internacionais de drogas

Policiais federais cumpriram nesta quinta-feira (6) 110 mandados judiciais – 38 de prisão e 72 …