Alpinistas escalam o Everest pela primeira vez desde desastres no Nepal

Autoridades do Nepal anunciaram que nove alpinistas chegaram ao topo do Everest nesta quarta-feira, tornando-se as primeiras pessoas a escalarem o monte mais alto do mundo em mais de dois anos. As temporadas de 2014 e 2015 foram suspensas devido às mortes causadas por um terremoto e uma avalanche no local.

O grupo de alpinistas foi conduzido por um guia nepalês, que ficou responsável por carregar equipamentos e fixar as cordas no trecho final da Encosta Sudeste do cume de 8.850 metros. “Sherra Gyalgen Sherpa chegou ao topo da Sagarmatha (nome nepalês para Everest) à 17h05 locais (8h16 em Brasília)”, disse Ang Tshering Sherpa, chefe da Associação de Alpinismo do Nepal. A instalação do trecho final das cordas foi atrasada nesta quarta porque nevou forte no alto da montanha.

Mais alpinistas devem escalar o Everest nos próximos dias, já que cerca de 300 pessoas estão acampadas na região preparando-se para o trajeto. A primeira pessoa a atingir o pico foi o neo-zelandês Edmund Hillary e o guia Tenzing Norgay, em 1953.

Tragédias – Na rota Sul, do lado nepalês da montanha, ocorreu uma série de desastres nos últimos anos. Em 2014, 16 guias foram mortos por uma avalanche na Cascata de Gelo de Khumbu. No ano passado, o terremoto que matou 9.000 pessoas no Nepal desencadeou um enorme deslizamento de neve no acampamento base, matando pelo menos 18 alpinistas e guias.

(Com Reuters)

Confira também

Latinos viajam aos EUA em busca de imunização

Cidade do México e Lima – Um anúncio de uma agência de viagens oferece promoções …