2ª Cia Fron, Sentinela do Pantanal, celebra Dia da Infantaria com solenidade

Cerimônia realizada na noite de terça-feira, 24 de maio, comemorou o Dia da Infantaria. A data lembra os 206º do nascimento do patrono da Arma de Infantaria, brigadeiro Antonio de Sampaio. O militar morreu aos 56 anos depois de liderar as tropas brasileiras em diversos confrontos continentais. Seus restos mortais estão em mausoléu no Cemitério São João Batista, em Fortaleza, capital cearense.

A solenidade foi realizada no pátio Soldado Simeão Fernandes da 2ª Cia Fron, Sentinela do Pantanal, contou com a presença de autoridades civis, militares e convidados do comando da unidade militar. A tropa da unidade desfilou em homenagem ao brigadeiro. “É muito importante cultuar estes exemplos de civismo e dedicação ao país”, afirmou o comandante da Sentinela do Pantanal Major Carlos Otávio Macedo de Sousa.

Infantaria é a mais antiga arma do Exército Brasileiro e é formada por soldados que podem combater em todos os tipos de terreno e sob quaisquer condições meteorológicas, além de poderem utilizar vários meios de transporte para irem para o campo de batalha.

Em palavras proferidas na noite festiva na cerimônia o major Macedo ressaltou, “a infantaria é a arma mais antiga do exército brasileiro, é ele a quem vai para frente do combate. Então é uma grande satisfação para a gente estar comemorando, não só com o exército, mas com todos os órgãos de segurança pública”, disse.

A formatura em comemoração ao Dia da Arma de Infantaria, contou com uma simulação de combate do Pelotão Especial, com explosões de bombas e tiros de festim, além dos desfiles das tropas em continência ao seu comandante.

Ainda em comemoração ao Dia da Infantaria, o major Macedo junto com autoridades civis e militares inaugurou o museu da 2ª Companhia de Fronteira nas dependências do Museu Dom Jaime Barrera. A partir de agora a comunidade poderá ter acesso ao acervo da Sentinela do Pantanal naquele espaço cultural.

Toninho Ruiz 

Confira também

FAB ativa novo radar para barrar voos clandestinos do narcotráfico

Após a ativação da unidade de Corumbá, a Comissão de Implantação do Sistema de Controle …