A cidade de Miami, vista da baía de Biscayne

Usina nuclear de Miami está vazando material radioativo

A Universidade de Miami, nos Estados Unidos, revelou nesta terça-feira que a usina nuclear localizada ao sul da cidade homônima está com um vazamento em um de seus reatores. Testes em Biscayne Bay, a baía onde fica a cidade, indicaram a presença de trítio, um material altamente radioativo, em uma quantidade 200 vezes superior aos níveis normais. Quando ingerido, o trítio pode afetar o ciclo reprodutivo das mulheres, causar diferentes tipos de câncer e levar à morte.

“Nós estamos muito preocupados”, disse a um jornal local o prefeito de Miami, Philip Stoddard, que também é professor ciências biológicas na Universidade Internacional da Flórida. “Teríamos de trabalhar duro para encontrar um lugar pior para colocar uma usina nuclear”, completou. A usina é do início dos anos 1970 e fornece energia para mais um milhão de casas no sul da Flórida. Ela está localizada em uma área turística e densamente povoada do Estado.

Além do vazamento de trítio, recentemente, a mesma usina – que usa água do mar para resfriar seus reatores – provocou um aumento da salinidade em águas subterrâneas, ameaçando reservas que fornecem água potável para a região chamada Florida Keys. Stoddard argumenta que os novos estudos comprovando a contaminação da água podem configurar violações da Lei federal da Água Limpa, acarretando uma pesada multa para a usina. Em entrevista ao Miami Herald, o prefeito aponta duas soluções viáveis: a construção de novas torres de resfriamento para substituir os canais existentes ou desligar a planta.

(Fonte: Veja.com)

Confira também

EUA abrem fronteiras para viajantes estrangeiros

Os Estados Unidos (EUA) reabrem hoje (8) suas fronteiras terrestres e aéreas aos passageiros estrangeiros …