Salah Abdeslam

Suspeito de atentado em Paris é capturado em Bruxelas

Salah Abdeslam, um dos principais suspeitos dos atentados terroristas em Paris, em novembro passado, foi atingido por um tiro e capturado vivo em uma nova operação antiterrorista realizada nesta sexta-feira pelas forças especiais belgas no distrito de Molenbeek, em Bruxelas – informaram autoridades belgas. Outro suspeito ainda não identificado também foi capturado.

“Nós pegamos ele”, confirmou o Secretário de Estado para Asilo e Imigração belga, Theo Francken, em sua página no Twitter. A operação buscava Abdeslam, que é acusado de ter liderado os atentados que mataram 130 pessoas em novembro do ano passado e era considerado o terrorista mais procurado da Europa. O primeiro-ministro belga, Charles Michel, e o presidente francês François Hollande participaram em uma reunião hoje às 19h horas do horário de Bruxelas (15h em Brasília) para discutir o assunto.

De acordo com a rede de televisão belga RTL, foram ouvidos vários disparos e granadas durante a operação na rua Quatre Vents. Testemunhas disseram ter visto um homem morto no chão. De acordo com outra emissora, a rede pública RTBF, Salah Abdeslam teria escapado de outra operação a polícia em Bruxelas na última terça-feira. Os investigadores encontraram suas impressões digitais no local da batida. Também durante a ação de quinta, um homem armado identificado como Samir Bouzid foi morto a tiros por um atirador de elite da polícia. Bouzid também estava sendo procurado por ter ligação com os terroristas responsáveis pelos ataques de Paris.

(Fonte: Veja.com)

Confira também

Facebook deve apresentar novo nome da rede

O Facebook anunciou nesta segunda, 25, uma reorganização em sua estrutura financeira que indica que …