PSDB pode ter oito deputados na assembleia

Os deputados estaduais Beto Pereira (ex-PDT), Maurício Picarelli (ex-PMDB) e Mara Caseiro (ex-PMB) filiaram-se ao partido do governador Reinaldo Azambuja, que agora mira no pedetista Felipe Orro.  O PSDB foi o partido que mais se beneficiou em Mato Grosso do Sul com a emenda da “Janela Partidária”, abertura que dá o direito de parlamentares mudarem de partido num prazo de 30 dias sem correr o risco de perda de mandato.

Se a filiação de Orro vingar, a bancada do PSDB na Assembleia Legislativa passará a contar com 8 representantes, a maior da Casa.  Orro, no entanto, mantém silêncio absoluto sobre sua possível ida para o “ninho tucano” até o fechamento da janela partidária, previsto para sexta-feira (18) da próxima semana.   Dentro das articulações em torno do troca-troca de partidos, o PMDB ganhou a adesão do deputado estadual Márcio Fernandes, que abandonou o PTdoB, partido pelo qual foi reeleito em 2014. Ao mesmo tempo, o parlamentar deu fim a representatividade do partido na Assembleia, que já havia perdido Mara Caseiro para o PSDB.

Já o PSD marcou para o próximo sábado (12) o ato de filiação do deputado estadual Marquinhos Trad, que deixou o PMDB depois de 13 anos de militância. A intenção é que no mesmo ato o partido lance a candidatura de Marquinhos  à sucessão do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). A exemplo de seus irmãos, ex-prefeito da Capital, Nelsinho Trad, e o ex-deputado federal Fábio Trad, Marquinhos deixa o PMDB descontente com a postura de seus principais líderes durante o último pleito.

(Fonte: Diariodigital)

Confira também

Ricardo Ayache é sondado para ser vice de Rose na capital

O médico Ricardo Ayache (PSB) tem sido o nome mais cotado entre os tucanos para …