Professores reivindicam para que lei seja cumprida

Cerca de mil professores comparecem na manifestação dos professores na Prefeitura de Campo Grande. A classe reivindica para que seja cumprida a lei municipal 5.411,de 2014 que determina a integralização do piso salarial nacional ao piso do magistério municipal.

O Secretário Municipal de Governo Paulo Pedra e a Secretária Municipal de Educação Leila Machado se reuniram no final da manhã de hoje, 15 com o Prefeito Alcides Bernal para discutir proposta para o pagamento do reajuste de 13,1%, de 2015 e 11,36% referente há esse ano.

“Ta fácil de resolver, não é um reajuste a vista que queremos, a proposta pode ser parcelada igual a do estado, queremos apenas o que é nosso por lei e não aceitaremos menos que isso.” relata Gilvano Bronzoni, Secretário de Formação Sindical do Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da

Educação Pública – ACP As reivindicações ultrapassam apenas o reajuste, “ Queremos uma alimentação adequada para os alunos, material é direito da criança, a gente gasta o nosso dinheiro pra escola, só estou pedindo a lei e que seja assegurada o direito da criança conforme o estatuto” Desabafa Jaqueline Rodrigues de Alencar, professora de uma Ceinf localizada no bairro Jardim Sayonara.  A manifestação continua até quinta-feira, 17, em busca de acordos com a prefeitura para que seja cumprida a lei de reajuste dos salários dos professores.

(Fonte: Diariodigital)

Confira também

UEMS/Campo Grande: Inscrições para aluno regular no Mestrado em Letras vão até 17 de dezembro

Foram prorrogadas as inscrições para alunos regulares no Mestrado em Letras da Universidade Estadual de Mato …