Prefeito petista é xingado durante show na Capital

O prefeito de Porto Murtinho, Heitor Miranda dos Santos (PT), foi xingado e vaiado durante o show Cabaré, realizado na noite de sábado (19), no shopping Bosque dos Ipês, em Campo Grande. O petista acompanhava a apresentação dos cantores Leonardo e Eduardo Costa, ao lado da família, quando parte do público começou a gritar palavrões e ofensas. Um vídeo mostra o momento da confusão.

Em entrevista  Heitor contou que estava com a esposa e os filhos, quando um casal, na mesa da frente, reconheceu o filho dele, Marcelo Heitor Miranda dos Santos, que em 2015 gravou um vídeo criticando as manifestações contra o PT.

“O Marcelo saiu 20 minutos antes de mim por causa do trânsito, e logo depois que ele saiu começaram os xingamentos. Eu fui ali com minha família, assistir um show de cantores que eu gosto, peguei a última mesa, para passar por isso sem ter feito nada a ninguém”, conta o prefeito.

Segundo Heitor, o que mais lhe chocou foi a gravidade das ofensas. “Era um ódio exacerbado uma intolerância e um radicalismo que eu nunca vi na minha vida. Uma coisa é as pessoas se manifestarem politicamente, outra coisa é destilarem ódio. Querem tirar a Dilma, tudo bem, mas isso tudo na serenidade, dentro da lei”, diz.

O prefeito petista afirma ainda que ficou surpreso diante de tamanha revolta, mas não pretende tomar nenhuma atitude, quanto aos agressores. “Eu jamais poderia imaginar isso, vieram para cima da gente, num negócio que não tem nenhum propósito. Ai começaram a jogar bebida, gelo. Fiquei até o final, não sai escoltado, porque não sou bandido. Achei uma insanidade. Um negócio que eu nunca vi, uma selvageria”, finalizou.

Confira também

Governo do Estado inicia a restauração de 11km da MS-480, em Batayporã

Com a ordem de serviço assinada, o Governo do Estado deu início, na segunda-feira (06), …