Moradores de Nioaque participam de reunião sobre inadimplência e convivência social

Moradores do Constantina Xavier em Nioaque participam de reunião para tratar de inadimplência e convivência social.

Na noite de quinta-feira, 10 de março, aconteceu uma reunião com os moradores  do residencial Constantina Xavier, situado nas proximidades do Bairro Jockei Club. O evento foi organizado pela equipe do CRAS e contou com a presença do Prefeito Gerson Garcia Serpa, Assessor Especial Luiz Coimbra de Farias, Sargento da Policia Militar, Paulo Sergio e Delegada de Policia Civil Joilce Silveira Ramos.

O Prefeito Gerson falou da preocupação com as inadimplências que ocorre entre os beneficiários do residencial, esse fato repercute de forma negativa junto aos órgãos governamentais que realiza projetos habitacionais e causa constrangimento na hora da administração municipal reivindicar mais moradias para Nioaque. Falou ainda da necessidade dos mesmos buscarem a harmonia entre os vizinhos para que não ocorram brigas e violências.

Relativo a esse assunto, a Dra. Joilce Silveira Ramos palestrou sobre a convivência social, explicando os direitos e deveres de cada família para o bem comum da sociedade e dos crimes que ocorrem em virtude de desentendimentos, calunias e fofocas entre moradores. Segundo ela, situações graves acabam acontecendo em todo país, às vezes até com fatalidades em sua maioria e por motivos banais, onde uma conversa amistosa poderia solucionar diversos problemas. O Sargento Paulo Sergio também aconselhou a todos que procurassem viver  pacificamente e que o direito de um termina quando começa o do outro.

Na reunião também foi esclarecido que a AGEHAB promove uma grande oportunidade de beneficiários de programas habitacionais quitarem dividas de maneira fácil, sem onerar a renda familiar. A lei visa à redução da inadimplência referente a débitos de sua unidade habitacional, possibilitando a renegociação e parcelamento através de renovação e quitação do saldo devedor do imóvel. Entre as vantagens da renegociação estão os descontos de 100% dos juros e multas contratuais no caso de quitação total da divida

Em relação à quitação parcial, o percentual de desconto cai para 60% e 35% por meio de termo aditivo para quem tem mais de 12 prestações em atraso. Em caso de reiteradas vezes de descumprimento de pagamento de parcela renegociadas a AGHAB poderá ingressar com medidas judiciais visando à cobrança da divida com eventual tomada do imóve

Confira também

Nova Andradina recebe curso sobre jogos e brincadeiras na Educação Física escolar

Nova Andradina recebe neste fim de semana, de 3 a 5 de dezembro, o curso …