Lula tinha medo de ver filhos na CPI do Carf, diz Delcídio

O senador Delcídio do Amaral revelou em seu acordo de colaboração premiada na Operação Lava Jato que trabalhou para blindar os filhos do ex-presidente Lula na CPI do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Ficais), no ano passado. Ele afirmou que Lula pediu, por várias vezes, que ele agisse para evitar a convocação do casal de lobistas preso na Operação Zelotes, Mauro Marcondes e Cristina Mautoni – eles pagaram 2,5 milhões de reais a Luís Cláudio Lula da Silva, um dos filhos do ex-presidente. “Lula alegava que estava muito preocupado com eles”, revelou o ex-líder do governo Dilma Rousseff no Senado. “Mas, em verdade, Lula estava preocupado com as implicações a sua própria família, especialmente com os filhos Fábio Luís Lula da Silva e Luís Cláudio Lula da Silva. Esse fato foi confirmado a Delcídio do Amaral por Maurício Bumlai, que conhece muito bem a relação dos familiares de Lula com o casal.” Delcídio derrubou os requerimentos de convocação dos lobistas no dia 5 de novembro, ao mobilizar a base do governo. Os senadores de oposição não conseguiram aprovar a convocação de Lula e seus filhos.

(Fonte: Veja.com)

Confira também

Ministério lança campanha de combate a dengue

O Ministério da Saúde lançou hoje (30) a campanha nacional de combate ao mosquito Aedes …