Incêndio em loja de tecido causa prejuízo de R$ 100 mil

Após o incêndio da noite desta segunda-feira (14) fica visível o prejuízo aos proprietários da loja de tecidos no centro de Campo Grande. Segundo um proprietário de uma loja vizinha, que também vende tecidos e malhas, o valor é expressivo por ser estoque em grande quantidade.

Segundo o sargento do Corpo de Bombeiro, Adinei, um laudo da perícia irá afirmar o que teria motivado o incêndio, mas pela experiência, um motivo provável foi ocasionado por problemas na instalação elétrica de um ventilador de parede. “O mais provável o que teria ocasionado o incêndio foi curto circuito em um ventilador de teto. Talvez devem ter esquecido ligado e deu curto circuito”, explica.

O comerciante vizinho Eujacio Ventura, conta que as lojas precisam de um alvará de segurança contra incêndio para funcionar e que o prejuízo ao proprietário foi expressivo devido ao volume de tecidos do estoque. “É sempre ruim qualquer perda, e no caso de ontem (14) o valor foi bem expressivo, por conta de ser tecidos de estoque. Em torno de R$100 mil mais ou menos de prejuízo”.

Sargento Adinei ressalta que a princípio, a loja incendiada estava dentro das vigências exigidas por lei, o local tinha uma escada de emergência e extintores dentro do prazo de validade. “100% de certeza só a perícia irá afirmar. O incêndio foi parcial, são seis cômodos no andar de cima, com o trabalho rápido do Corpo de Bombeiros, apenas dois foram devastados. Sendo que o estabelecimento possui escadas de emergência e os extintores estavam no prazo de validade”, finaliza o militar.

(Fonte: O Estado Online)

Confira também

UEMS/Campo Grande: Inscrições para aluno regular no Mestrado em Letras vão até 17 de dezembro

Foram prorrogadas as inscrições para alunos regulares no Mestrado em Letras da Universidade Estadual de Mato …