EUA: mulher leva tiro acidental do filho de 4 anos

Um menino de 4 anos atirou e feriu acidentalmente sua mãe na Flórida, Estados Unidos. O caso ocorreu um dia depois da mãe, Jamie Gilt, defender em sua página no Facebook o uso de armas e afirmar que estava ensinando seus filhos a atirar. A mulher de 31 anos tem quadro de saúde estável e não corre riscos.

Segundo o jornal NY Daily News, mãe e filho estavam dentro do carro em uma estrada no Condado de Putnam, quando a criança, sentada no banco de trás do veículo, encontrou um revólver calibre 45 no chão e atirou na direção do assento do motorista. A bala passou pelo estofado do banco e atingiu Jamie nas costas. Ela foi levada imediatamente a um hospital e estabilizada.

“Até o meu filho de 4 anos de idade se levanta e atira com uma arma calibre 22”, Gilt escreveu em sua página pessoal no Facebook durante um debate online sobre armas de fogo como meio de autodefesa. A mãe argumentou que qualquer um tem o direito de atirar e que está ensinando os filhos a fazerem o mesmo. Na rede social, Gilt aparece em fotos armada ao lado do filho.

Ainda segundo o NY Daily News, o menino está sob os cuidados de outros membros da família. O Departamento de Crianças e Famílias está apurando o caso e os investigadores estão tentando determinar exatamente como o menino teve acesso à arma.

(Fonte: Veja.com)

Confira também

Facebook deleta live em que Bolsonaro relacionava vacina contra Covid-19 e Aids

O Facebook excluiu na noite deste domingo (24), a live semanal mais recente do presidente …