Dono de oficina é multado por derramar óleo no solo

Durante fiscalização ambiental no distrito de Indaiá, em Cassilândia no sábado (5), uma equipe da Polícia Militar Ambientalrealizou vistoria em uma empresa de serviços de mecânica em maquinas agrícolas e veículos, que funcionava em um barracão e verificou poluição do solo por resíduos de petróleo.

O local não possuía piso e havia derramamento de resíduos de graxa, óleo diesel e óleo lubrificante, poluindo o solo e com riscos de contaminação do lençol freático. Não havia caixa separadora para a lavagem das peças contendo óleo e o material escorria pelo solo.

A PMA verificou ainda na parte exterior, galões com resíduos derivados de petróleo à céu aberto, bem como um ferro velho, com partes de veículos que serviriam de criadouro para vetores de doenças. Tudo funcionava sem licença ambiental.

As atividades foram interditadas e o proprietário da oficina, de 53 anos, residente no local, foi autuado administrativamente e multado em R$ 5 mil e foi notificado a realizar as medidas para a recuperação do dano, bem como a descontaminação da área afetada. Ele responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de um a quatro anos de reclusão.

(Fonte: Douradosnews)

Confira também

Beijar criança era “normal”, teria dito padrasto em discussão com a mulher

Morto com um tiro na nuca depois de aparecer em vídeo beijando a boca de …