Cansada de apanhar, mulher de 39 anos mata marido a tiros.

Homem de 55 anos foi morto a tiros por volta das 21h30 de ontem (20), na carvoaria Carvão Mir, que fica no km 59 da MS-040, em Campo Grande. Ogremar Teodoro morreu no local. A suspeita de ter cometido o crime é Zenilda Batista da Silva, 39 anos, mulher da vítima. Os dois têm cinco filhos e, segundo testemunhas, a mulher era constantemente agredida pelo marido.

Conforme boletim de ocorrência, funcionários da carvoaria relataram que Zenilda morava há muitotempo com a vítima. Neste domingo, eles ouviram disparos de arma de fogo e quando saíram para ver o que tinha acontecido encontrou o corpo estirado no chão e a mulher já havia fugido.

Testemunhas contaram que toda vez que Ogremar consumia bebida alcoólica agredia fisicamente a esposa. Tudo indica que um dos filhos do casal deu fuga para a mãe. No local, a polícia apreendeu uma espingarda calibre 32 e um documento de identidade.

O caso foi registrado como homicídio simples na Depac (Delegacia Especializada de Proto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Confira também

Estudante de 20 anos morre atropelada por motociclista em frente a conveniência

Uma estudante de 20 anos, identificada como Ellen Vicente, morreu após ser atropelada por um …