Rival de Delcídio fala em suicídio e gera polêmica na rede social

O ex-suplente de senador e ex-amigo de Delcídio do Amaral (PT), Antônio João Hugo Rodrigues, causou polêmica no Facebook ao falar sobre o rival. A dupla já foi bem próxima, mas há tempos, desde que Antônio João foi rejeitado da suplência,  nutri uma rivalidade, que aumenta mais e mais. Foi neste contexto de profunda mágoa, que Antônio João acabou causando polêmica com uma postagem na rede social.

O empresário falou da situação de Delcídio com um tom irônico, comum em suas postagens, mas causou indignação ao falar sobre possível depressão e até a possibilidade de um suicídio do senador, preso desde o dia 25 de novembro.

“Triste fim o do senador Lindão do Pantanal. Está recolhido em uma cela e só faz chorar, dormir e ler. Nem a Maika ele quer receber. Medo de levar mais broncas da dona. Usa uma camiseta simples e bermudão. Sem aquele tradicional cadarço, modo normal para presos que, em depressão profunda, possam tentar suicídio, usando a cordinha para se enforcar (SIC)”.

A postagem gerou polêmica entre seguidores, que em sua maioria reprovaram o comentário mais apimentado. “Só um ser humano tão miserável mesmo, para postar uma mensagem dessa. Somos brasileiros queremos sim justiça , pessoas como ele e vc com seu maninho italiano, mas á ponte de desejar suicídio ? Isso não, queremos ele vivo para ser julgado e entregar o resto da sujeira que vcs estão fazendo de tudo para esconder (SIC)”, disse uma das seguidoras.

O ex-deputado estadual Cel. Ivan também repudiou, dizendo que não há comentários para este tipo de postagem. “Sem comentário. Ou melhor. Não merece comentários”, declarou o ex-deputado.

Apenas um seguidor saiu em defesa de Antônio João, dizendo que ele foi mal interpretado. “ Não estou aqui em defesa de ninguém, mas não vi nada de errado na postagem. Vi sim muito erro de interpretação de texto, que por sinal no Brasil é normal, já que aqui nossa educação é péssima. Ele faz um relato da situação que o Senador está vivendo dentro de uma cela e quando o dono da postagem se refere ao cadarço, o faz para dizer que o bermudão que o Senador estava usando não tinha cadarço, justamente porque muitos presos, que estão em depressão, acabam usando esse tipo de objeto para cometer suicídio”, opinou.

Delcídio está preso desde o dia 25 de novembro, suspeito de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. Ele teria tentado arquitetar uma fuga para o ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, com intuito de evitar delação premiada. Flagrado por gravação feita pelo filho do ex-diretor, Delcídio foi detido na Polícia Federal por alguns dias e hoje está no quartel da Polícia Militar em Brasília.

Confira também

Relatório final da CPI será lido hoje

O relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia será lido nesta quarta-feira (20) durante …