Prefeito Alcides Bernal empossa conselheiros tutelares e projeta 4º unidade na região leste

O prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP), empossou neste domingo (10), no auditório do IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande), os 15 conselheiros tutelares, eleitos no pleito, de 04 de outubro de 2015, para o mandato 2016 a 2020, que irão atuar em três unidades distribuídas nas regiões Centro, Norte e Sul.

Pela primeira vez, a posse se deu em âmbito nacional sendo realizada, na mesma data, em todo país, a partir de uma Resolução do Conanda (Conselho Nacional de Direitos da Criança e do Adolescente). Os conselheiros foram escolhidos pela população local.
Durante evento, Bernal assegurou que não vai medir esforços para atender todos os Conselhos Tutelares da cidade de condição visando melhorias. “Pretendemos criar o quarto conselho na Capital, provavelmente uma unidade na região leste. O que pudermos fazer para melhorar o trabalho dos conselheiros será feito, com estrutura física adequada, veículos, e condições atuar com qualidade”, pontua.

Fortalecendo o trabalho dos conselheiros

A presidente do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), Dalva Cisi destacou o trabalho da SAS (Secretária Municipal de Políticas e Ações Sociais e Cidadania), em oferecer as capacitações no decorrer do processo eleitoral, juntamente com Caoc (Coordenadoria dos Conselhos Municipais). “O CMDCA se responsabiliza com legislação, regulamentação e fortalecimento dos Conselhos Tutelares, dentro dos requisitos estabelecidos por lei. O Caoc trabalhou muito, com as capacitações, por meio da SAS. Tivemos transparência em todos os recursos solicitados. O dever foi cumprido”, afirma Dalva.

A titular da SAS, Marcela Rodrigues Carneiro, entende que a busca pelo diálogo irá fortalecer o trabalho com a Secretaria. “É muito gratificante participar desse momento histórico. Sabemos que o caminho não é fácil, pois, como assistente social, sempre precisei do aporte teórico, dos conselheiros tutelares. Nossa proposta é baseada no diálogo, pois, se trata de uma gestão democrática. É importante que os conselheiros tutelares nos auxiliem, para que possamos aprimorar no que for indispensável. Desejo uma boa jornada de trabalho em seus mandatos”, avalia Marcela.

A assistente social, Tatiane Lima de Oliveira, eleita como conselheira tutelar avalia que as capacitações foram complementares, no aperfeiçoamento da categoria. “Está sendo novo, por ter participado pela primeira vez. A vontade em me tornar conselheira, se deu quando trabalhei nos Cras (Centro de Referência de Assistência Social) pude observar os problemas de frente, foi surgindo a necessidade em tentar solucionar, problemas vividos pelas crianças e adolescentes , como, maus tratos, abandono, violência, entre outros”, destaca.

Para conselheira tutelar, Janaina Pereira de Oliveira, reeleita, observa que os órgãos públicos em parceria com o Conselho Tutelar têm mostrado interesse em proteger os direitos das crianças e dos adolescentes. “Tivemos muito esforço durante a campanha, antes da eleição. Meu trabalho foi na periferia, lugar onde a população necessita de conselheiro”, explica a conselheira, que irá atuar na região Sul.

A solenidade contou com a presença de autoridades, como, Ricardo Ballock, secretário da Semad (Secretaria Municipal de Administração) e diretor-presidente do IMPCG; Katia Braun do Prado, juíza da Vara da Infância, da Juventude e do Idoso de Campo Grande; Paulo Pedra, secretário de Governo e desembargador Eduardo Machado Rocha, que responde pela Coordenadoria da Infância e da Juventude.

Sobre o conselheiro tutelar

Segundo consta no artigo 136 do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), são atribuições do Conselho Tutelar e consequentemente, do conselheiro tutelar atender não só às crianças e adolescentes, como também atender e aconselhar pais ou responsáveis. O Conselho Tutelar deve ser acionado sempre que se perceba abuso ou situações de risco contra a criança ou o adolescente, como por exemplo, em casos de violência física ou emocional. Cabe ao Conselho Tutelar aplicar medidas que zelem pela proteção dos direitos da criança e do adolescente.

Conselheiros eleitos

1º Conselho Tutelar Região Sul: Tatiane Lima de Oliveira, Janayne Pereira de Oliveira, Adriano Ferreira Vargas, Benedito Carlos da Silva Filho e Marcelo Marques de Castro.
2º Conselho Tutelar Região Norte: Liana Maria Maksoud, Giovana Regina Barboza, Cristiane Frões Pereira, Miriam Goes Falcão e Sandra Aparecida de Souza Jesus Szablewiski.
3º Conselho Tutelar Região Central: Anna Caroline Kalache Corrêa Lima, Marta Vanuza Gomes da Silva, Cassandra Szurberski, Nilzaneth Modesto Pereira Ortiz e Aline Gomes da Fonseca Diniz.

Confira também

Após 61,4 milímetros e ventos de 65 Km por hora, chuva deve seguir intensa neste domingo em Campo Grande

A previsão de temporal se concretizou e choveu muito em Campo Grande durante a madrugada …