Oficial da ONU relata experiência de trabalho com indígenas de MS à vice-governadora

Com o intuito de apresentar para a vice-governadora e secretária de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Rose Modesto, um prévio balanço de pesquisa realizada com povos indígenas Guarani-Kaiowá, na cidade de Bela Vista, envolvendo os Objetivos do Milênio (ODM) e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a Oficial do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no Brasil, Ieva Lazareviciute, esteve na tarde de ontem (13), em reunião no gabinete da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast).

Na oportunidade a oficial relatou da experiência do trabalho que durou mais de dois anos e envolveu mais de 200 indígenas. “Percebemos um grande envolvimento da comunidade e uma grande vontade deles desenvolverem na localidade as propostas dos ODM e ODS”, disse a oficial. Os dados finais da pesquisa serão apresentados em Brasília, no próximo mês, em data a ser definida.

A subsecretária de Políticas Públicas para População Indígena, Silvana Dias e o subsecretário de Políticas Públicas para Juventude, Thiago Freitas, com o coordenador Marcos Silva, também participaram da reunião.

Objetivos do Milênio – Ao todo são oitos ODM, entre eles, reduzir pela metade o número de pessoas que vivem na miséria e passam fome e o oferecimento da educação básica de qualidade para todos.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – Os ODS são uma agenda mundial com 17 objetivos e 169 metas, entre eles, aspectos de padrões sustentáveis de produção e de consumo e mudança do clima.

Confira também

Procon: pesquisa do Dia de Finados mostra diferença de até 500% no preço dos produtos

Pesquisa do Dia de Finados realizada pela Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS) …