Entrada da cidade Bonito em um dos pontos mais críticos (Foto: João Carlos Velasquez)

Estradas das principais cidades turísticas do estado estão tomadas por buracos

Bonito foi eleito ‘O Melhor Destino de Ecoturismo’ por vários anos consecutivos, mesmo assim a rodovia que liga Guia Lopes da Laguna à Bonito, a MS-382, em virtude da falta de manutenção ou mesmo da execução de serviços de péssima qualidade, não deixou que a estrada fosse uma das melhores e apresenta um péssimo estado de conservação, cheia de buracos e deteriorada.

Na entrada da cidade a rodovia encontra-se tomada por verdadeiras crateras e as reclamações da situação que a mesma se encontra são constantes, é frequente carros quebrarem no Rodovia.

Apesar das constantes chuvas que estão caindo em todo o estado, os usuários da rodovia esperam que o Governo do Estado possa ao menos dar uma condição de trafegabilidade melhor. Neste final de ano o município de Bonito foi o que obteve o maior fluxo de turistas do estado, consequentemente o de veículos que rodaram na rodovia e não é justo um município com tantos atrativos turísticos, que geram renda para o estado e os cidadãos possa ser relegado ao segundo plano.

BR-060

Outra reclamação também visível é a BR-060 no trecho aonde compreende entre Jardim à ponte que liga Guia Lopes da Laguna, local onde existem enormes buracos e que segundo os engenheiros são denominados borrachudos, parte do solo em que não dá compactação e são inúmeros, tornando-se um problema constante e crônico, sendo que o DNIT não tem dado uma resposta à altura para os usuários e torna o local perigoso com risco de graves.

A equipe do TPNews ao fazer a reportagem percebeu que os riscos de acidentes são imensos, principalmente quando veículos pesados à frente de veículos menores que ali trafegam, ao desviarem dos buracos “vão para cima” dos outros carros e nada pode assegurar que ali não aconteça um acidente. Naquele momento até mesmo os policiais que se dirigiam à delegacia, que fica na BR, viram que não há o que fazer.

Infelizmente o DNIT, na questão da BR-060, principalmente na região que demanda a fronteira tem deixado a desejar. Nada é feito a não ser pequenos trabalhos paliativos por empresas terceirizadas, como vimos durante nossa visita aos locais, que apesar da chuva que cai na região a empresa continuava a realizar a operação tapa-buracos e na certa estavam tampando os buracos aleatoriamente, pois a grande maioria ainda estavam escancarados.

Os buracos “tampados” estavam esfarelando, como mostramos na fotografia e como haviam muitos buracos, tampavam um e pulavam uns cinco e assim iam realizando seus trabalhos, que ao jogarem as massas, não tinham rolo para comprimir, realizando um serviço, aos nossos olhos, de péssima qualidade.

Até quando o DNIT estará aqui na região brincando de consertar e os usuários se iludirão em acreditar que eles estão fazendo um excelente serviço? Os motoristas também esperam do Governador Reinaldo Azambuja uma solução para a MS-382 que liga Guia Lopes da Laguna à Bonito e que essas soluções sejam imediatas e definitivas.

 

João Carlos Velasquez

Confira também

Com previsão de tempestade em Campo Grande, Marquinhos faz apelo: ‘fiquem em casa

O prefeito Marquinhos Trad fez um apelo para a população diante da previsão de fortes …