Canadense é libertado no Afeganistão após cinco anos como refém dos talibãs

Um cidadão canadense foi libertado do cativeiro no Afeganistão cinco anos depois de ter sido feito refém pelos talibãs, informou o ministério das Relações Exteriores canadense nesta segunda-feira. Colin Rutherford tinha 26 anos quando foi dado como desaparecido, em fevereiro de 2011, mês em que viajou ao país árabe como turista. O ministro Stephane Dion disse que Rutherford foi libertado com a ajuda do Catar, mas não deu maiores detalhes sobre a operação.

“O Canadá está muito satisfeito com o fato de os esforços feitos para assegurar a libertação de Colin Rutherford do cativeiro terem sido bem sucedidos”, disse Dion em um comunicado. “Esperamos que o senhor Rutherford possa retornar ao Canadá e reencontrar sua família e seus entes queridos”, acrescentou.

Rutherford tinha sido capturado na província central de Ghazni pelos talibãs, que o acusavam de ser um espião. Em um vídeo publicado pelos militantes islamitas em maio de 2011, o canadense disse ter viajado ao Afeganistão para visitar “locais históricos, edifícios antigos e templos”. (Fonte: Veja.com)

Confira também

O que se sabe sobre o estado de saúde da rainha

É raro que a rainha Elizabeth II perca um compromisso. Portanto, quando isso acontece, a pergunta imediata …