PMA recolhe Jaguatirica atropelada

Animal morto será trazido para Campo Grande para ser taxidermizado
Em quase todas as rodovias de Mato Grosso do Sul, atropelamentos de animais silvestres têm sido frequentes, segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA). Na tarde de ontem na BR-267, policiais militares ambientais de Jardim recolheram uma Jaguatirica, que foi atropelada e morta, a 15 km da cidade. O animal teria sido atropelado na madrugada. O animal será trazido para Campo Grande e será taxidermizado, empalhado para ser utilizado em trabalhos de Educação Ambiental, em uma oficina denominada museu de fauna.
No dia 25 do mês passado, Policiais Militares Ambientais de Bataguassu, que se deslocavam para Campo Granderecolheram uma Jaguatirica, que fora atropelada e morta, a 20 km da Capital. Este animal já foi taxidermizado (empalhado) para uso nos trabalhos de Educação Ambiental, em um Curso de Taxidermia e Educação Ambiental, envolvendo Policiais Ambientais de sete Estados, que está ocorrendo desde o dia 2, e vai até 13 de dezembro, na Fazenda Green Farm CO2 Free, no município de Itaquiraí.

Confira também

Conselheiros do TCE-MS são investigados por improbidade e enriquecimento ilícito

O MPMS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul), por meio da 31ª Promotoria …