Bataguassu recebe R$ 7,8 milhões em investimentos

Bataguassu recebeu, ontem, mais de R$ 7,8 milhões em investimentos nas áreas de infraestrutura, saúde, educação, habitação e saneamento básico. Dos recursos, mais de R$ 1.9 milhões são provenientes do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. Recursos federais somam R$ 5.871.000,00 e recursos próprios da prefeitura foram R$ 1.081.961,16.

Em continuidade com o projeto de reestruturação da Saúde do Estado, pós Caravana da Saúde, o Governo do Estado entregou para a Prefeitura de Bataguassu dois aparelhos de Raio X digital e um digitalizador do exame de Mamografia que permite a interligação com a central estadual de laudos, o que torna mais ágil os processos para o paciente e diminui os custos para a gestão pública.

Também foram entregues sete veículos para a Saúde do município, no valor de R$ 200 mil, recursos viabilizados por meio de emendas parlamentares dos deputados estaduais Angelo Guerreiro, Professor Rinaldo, Zé Teixeira e Barbozinha.

Atendendo a proposta do Programa “Obra Inacabada Zero”, O Governo o Estado inaugurou oficialmente a Escola Estadual Professor Luiz Alberto Abraham que receberá alunos para o ano letivo de 2016, num espaço projetado com 13 salas de aulas para o ensino médio. O prédio havia sido entregue em 2014, mas não recebeu os equipamentos necessários para sua abertura.

O governador Reinaldo Azambuja entregou a obra de ampliação da biblioteca da Escola Estadual Peri Martins. Na biblioteca foi investido um total de R$ 331.378,30 em recursos do Estado (R$ 90.710,26) e do Ministério da Educação/FNDE (R$ 240.668,04).

O pacote de investimentos para Bataguassu também contou com a entrega de uma pá carregadeira e do lançamento do programa Cidade Digital, que disponibilizará internet gratuita em diversos locais públicos do município. Os recursos são de emendas parlamentares do então deputado federal Reinaldo Azambuja para Bataguassu e somam mais de R$ 440 mil.

IMG_3053

“Os resultados dessas entregas de hoje são frutos de muito trabalho para recuperar a capacidade de investimento de Mato Grosso do Sul”, disse Reinaldo.

Além dos investimentos previstos, o governador anunciou o recapeamento dos 65 km da MS -395 que liga Bataguassu ao município de Brasilândia. “É fundamental que os governos saibam ter criatividade para administrarem neste momento de grande crise que o país atravessa”, concluiu.

Para a área do saneamento básico, Bataguassu recebeu de R$ 995.478,81 para as melhorias no sistema de abastecimento de água da obra de substituição de 10.298 metros de rede de distribuição e padronização de 300 ligações domiciliares.

“Graças aos bons Governos que podemos fazer entregas tão importantes como as de hoje. É importante lembrar que o governador Reinaldo Azambuja, quando deputado estadual, sempre lutou para o aumento do valor das emendas parlamentares que são destinadas aos municípios. E quando se tornou governador do Estado, ampliou esse valor para 1 milhão de reais”, disse o deputado estadual Angelo Guerreio, porta-voz da Assembleia Legislativa.

Recapeamento

A prefeitura de Bataguassu entregou o recapeamento das ruas centrais da cidade. Os recursos da prefeitura são originários da verba indenizatória recebida pelas obras de construção de usina da CESP na região. Foram investidos R$ 1.081.961,16.

Para dar acabamento na entrega dessa obra, o governador Reinaldo Azambuja anunciou investimento de R$ 140 mil para a sinalização horizontal e vertical das vias.

O prefeito Pedro Arlei Caravina destacou a entrega de uma ciclovia que, segundo ele, o município esperou a promessa ser cumprida por três Governos. “Quero agradecer todos os investimentos para Bataguassu, principalmente numa data tão festiva. Também lembrar que esta ciclovia que tanto foi prometida, foi entregue por esse Governo”, ressaltou.

“Bataguassu recebe as obras da prefeitura e do Governo do Estado com alegria e deixa toda a população feliz”, concluiu o vereador Celson Magalhães.

Polo Industrial

Em visita ao Polo Industrial de Bataguassu o governador disse que a regra é o Estado dar incentivos fiscais para atrair empresas, a prefeitura doar terrenos e as empresas gerarem emprego e renda para o município.

A prefeitura inaugurou recentemente o polo, doando 72 terrenos para a instalação de empresas de pequeno e médio porte. A primeira foi a indústria de telhas de aço – Denco.

“A lógica é atrair investidores que confiam em Mato Grosso do Sul. O Governo quer trocar impostos por empregos, esse é o caminho”, finalizou Reinaldo Azambuja.

Também participaram das inaugurações o secretário de Estado da Casa Civil Sérgio de Paula, secretária de Estado de Habitação Maria do Carmo Avesani e o deputado estadual Rinaldo Modesto.

Confira também

CGE determina retorno presencial de servidores

A CGE-MS (Controladoria-Geral do Estado) determina o retorno ao trabalho presencial dos servidores, devido ao …