Vereadora Luiza Ribeiro pede ao MPE providências por quebra de sigilo

A vereadora Luiza Ribeiro (PPS) protocolou no Ministério Público Estadual (MPE) um pedido de providências em relação à quebra de sigilo do depoimento feito à Força Tarefa responsável por investigações relacionadas a operação Lama Asfáltica. “Tal testemunho sigiloso deveria ser utilizado para auxiliar nas investigações conduzidas pelo MPE, no entanto, houve a utilização política do depoimento e também um uso objetivando prejudicar as investigações com a intimidação de testemunhas. Vale ressaltar que estamos diante da maior investigação que a cidade já enfrentou”, afirmou a vereadora. Na representação a vereadora argumenta que o “vazamento de tal depoimentos, que deveria ser sigiloso, foi orquestrado com o intuito de constranger a depoente...”A vereadora Luiza Ribeiro vem enfrentando inúmeros transtornos e constrangimentos diante do vazamento do depoimento que deveria ser sigiloso, assim requereu ao MPE informações acerca da disponibilização ou não de tal documento (vídeo) para terceiros, bem como a instauração para apurar responsabilidades.

Confira também

Depois de Ciro Nogueira, Bolsonaro é cobrado por mais cargos em ministérios

BRASÍLIA — A entrada do principal partido do Centrão no núcleo duro do governo dividiu …