Revitalização e reforma do terminal rodoviário de Jardim deve ir até março de 2016

Obras da revitalização do terminal rodoviário de Jardim Deolindo Peixoto, antigo Ulisses Guimarães iniciaram hoje

A licitação foi vencida pela empresa Gimenez Engenharia Ltda. O custo total do projeto é de R$ 375.704,54, parceria do MTUR (Ministério do Turismo), da Caixa Econômica Federal e da Prefeitura Municipal de Jardim.

Para o prefeito municipal de Jardim, Dr. Erney Cunha Bazzano Barbosa, “esta é mais uma realização de nossa gestão que atende solicitações do tempo da campanha, é uma satisfação qualificar o serviço e fazer melhorias estruturais em nosso terminal rodoviário, porta de entrada e saída para muitos viajantes que aqui chegam. É mais uma obra promotora de cidadania para Jardim, assegurando o direito de ir e vir, fomentando a economia” – esclareceu.

O terminal rodoviário foi construído na Avenida Duque de Caxias, próximo ao aeroporto da cidade, np fim dos anos oitenta, começo dos noventa, durante mandato do então prefeito, Joelson Martinez Peixoto, visava substituir o acanhado ponto de ônibus que se situava na rua Cel. Juvêncio, próximo a Lanchonete Tropeiro, no centro da cidade.

Por conta das obras de revitalização, o terminal rodoviário estará funcionando provisoriamente no Centro Comercial Ramez Tebet, avenida Cel. Stuck, até o início de março de 2016, data prevista para o término das reformas. O terminal atende quem deseja chegar à capital do Estado, Campo Grande, a região da fronteira (Bela vista, Porto Murtinho, Ponta Porã, Corumbá), mais Bonito, Nioaque, Anastácio, Aquidauana, Maracaju, Dourados, entre outros destinos. Cerca de 20 ônibus diários têm parada no terminal, fazendo chegar ou sair de Jardim algo entre 700 e 1200 passageiros por dia. Estes números podem dobrar ou até triplicar em dias de feriados, festas e férias de fim de ano.

Confira também

Novos aspectos da Rota Bioceânica serão discutidos em Live

Nesta sexta-feira (24), a partir das 19h (horário de MS), o projeto UEMS na Rota …