Mara Caseiro destaca Outubro Rosa e incentiva a prevenção do câncer

A deputada estadual Mara Caseiro (PTdoB) ocupou a tribuna nesta quinta-feira (1) para destacar o “Outubro Rosa”, movimento internacional voltado à conscientização sobre a importância da detecção precoce do câncer de mama.

“Em todo o Brasil, e aqui, em Mato Grosso do Sul, teremos a partir de hoje extensa programação para alertar as mulheres sobre o quanto é essencial fazer o toque, a mamografia, e os exames anuais que podem indicar a doença em fase inicial, o que proporciona uma maior chance de cura”, comentou a parlamentar.

De acordo com o Inca (Instituto Nacional de Câncer), o câncer de mama é o segundo mais recorrente e, entre as mulheres, registra 22% de novos casos a cada ano.

No Brasil, somente neste ano, mais de meio milhão de novos casos de câncer poderão ser diagnosticados. Desses, 57 mil possuem a probabilidade de ser câncer de mama feminino.

Cerca de 500 novos casos de câncer de mama e de colo de útero são verificados em Mato Grosso do Sul todos os anos. As Unidades Básicas de Saúde em Campo Grande contam com serviços de prevenção e promoção à saúde integral da mulher, com agendamento de consultas, coleta de exame preventivo do câncer de colo de útero, exame clínico de mamas e solicitação de mamografia para mulheres acima de 40 anos, além de encaminhamentos aos serviços de referência para confirmação diagnóstica e tratamento.

“Eu, como uma mulher que já passou pelo câncer e venceu a doença, posso atestar que o outubro rosa é um movimento de extrema importância nesse sentido, de incentivar as mulheres a olhar seu próprio corpo, fazer o auto exame, e a se informar para a prevenção”, complementou.

A Lei Estadual nº 4.541/14, que instituiu o “Outubro Rosa”, reforça as ações de prevenção contra o câncer, especialmente entre as mulheres, em Mato Grosso do Sul. A iniciativa foi dos deputados Zé Teixeira (DEM), Mara Caseiro e da então deputada Dione Hashioka (PSDB).

Confira também

Escolas de MS ficarão fechadas por um ano

O governo do Estado decidiu que o retorno das aulas na Rede Estadual de Ensino …