Fusão entre SABMiller e AB InBev será a terceira maior da história

A fusão entre as duas principais empresas do setor de cervejas no mundo, AB InBev e SABMiller, será a terceira maior da história, segundo a empresa de consultoria Dealogic. Nesta terça-feira, a AB InBev chegou a um acordo preliminar para comprar a SABMiller por quase 69 bilhões de libras (106 bilhões de dólares). O negócio ainda precisa ser aprovado por autoridades de concorrência. Além disso, esta seria a maior aquisição de uma companhia britânica.

A maior fusão do mundo ocorreu quando o grupo britânico de telecomunicações Vodafone adquiriu em 1999 a alemã Mannesmann por 172 bilhões de dólares, incluindo a dívida, ainda de acordo com a Dealogic. A segunda foi em 2013, quando a Vodafone vendeu 45% de sua participação na Verizon Wireless à gigante americana das telecomunicações Verizon por 130,1 bilhões de dólares.

Depois de repetidas recusas de sua rival mais próxima em tamanho, a AB InBev, de capital belga e brasileiro, disse nesta terça-feira que está disposta a pagar 44 libras em dinheiro por cada ação da SABMiller. A britânica, por sua vez, disse que pediu uma extensão de duas semanas do prazo estabelecido para que sua rival anuncie uma intenção firme de fazer a oferta. O novo prazo é 28 de outubro.

Se a transação for confirmada como o previsto, o novo grupo combinaria as marcas Budweiser, Stella Artois e Corona, da AB InBev, com Peroni, Grolsch e Pilsner Urquell, da SABMiller. A AB Inbev adicionaria algumas cervejas na América Latina e Ásia à sua presença mundial, que já é grande e, além disso, entraria na África pela primeira vez.

A nova oferta revelada nesta terça-feira supera uma proposta de segunda-feira de 43,50 libras em dinheiro e está 50% acima do preço das ações da SABMiller em 14 de setembro.

 

 

(Com agência Reuters)

Confira também

Mais de 1 milhão de pessoas tiveram auxílio emergencial cancelado ou bloqueado

O governo federal cortou o pagamento do auxílio emergencial de 1.157.856 de beneficiários durante o …