ANNT pede 30 dias para propor novos estudos sobre tarifas na BR-163

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) pediu prazo de 30 dias para apresentar novos estudos com vistas à proposta de redução do preço do pedágio na BR-163 em Mato Grosso do Sul.

O acordo foi fechado em reunião nesta quinta-feira (1) entre o presidente da ANTT, Jorge Bastos, e o coordenador da bancada federal, senador Waldemir Moka (PMDB). Essa foi a quarta reunião dos parlamentares com diretores da agência.

Moka entregou ao dirigente documento em que senadores e deputados federais do Estado expõem as dificuldades dos usuários em relação às tarifas cobradas, “bem acima do que foi anunciado quando da assinatura do contrato”.

Entre os estudos que serão feitos pela Agência, está o que prevê a possibilidade de conceder tarifas diferenciadas, ou mesmo isenção aos usuários de centros que, justificadamente, tenham que se deslocar com frequência por conta de trabalho e estudo.

São citados como exemplos a situação dos moradores de Anhanduí, entre Campo Grande e Rio Brilhante, e de Rio Verde do Mato Grosso, norte do Estado. Todos, segundo Moka, pagando tarifas de 100 km, diariamente, por percursos menores.

O líder da bancada explicou que a adoção de tarifas diferenciadas aliviaria o peso da tarifa na atividade diária de grande número de usuários da estrada. “Isso tem sido feito em outros Estados e é o que deve ser aplicado em Mato Grosso do Sul”, afirmou o senador.

Dirigentes da ANTT consideraram a proposta viável e prometem encaminhá-la à empresa concessionária para que as negociações sejam abertas. “É um ponto factível”, disse o presidente da Agência.

Outro assunto que será abordado nas negociações com a concessionária diz respeito à isenção por eixo levantado a veículo de carga, que passou a vigorar em 2015 com a Lei do Caminhoneiro. A ANNT explicou que será feito novo levantamento para avaliar a proposta.

Confira também

AO VIVO – Cerimônia do 7 de Setembro

O presidente Jair Bolsonado (sem partido) e ministros participam de celebrações em comemoração de 7 …