Secretário diz que crise no município está longe do fim

“Cortar despesas, otimizar a arrecadação e reduzir a as distorções “. Esta seria a receita da Prefeitura para tentar colocar as finanças do município em dia, mas o próprio secretara de Planejamento , Finanças e Controle, Disney Fernandes não acredita que isso irá acontecer no curto prazo. A afirmação dele foi feita durante entrevista coletiva convocada pelo prefeito Alcides Bernal para repassar a imprensa a situação financeira da administração Municipal que o prefeito reassumiu no dia 27 de agosto. A Previsão do secretário é de que a prefeitura tem um déficit de 158 milhões para que tenha condições de efetuar todos os pagamentos (inclusive dos funcionários) e manter os serviços essenciais da Prefeitura em funcionamento . “A administração municipal , historicamente manteve uma reserva técnica que girava entre R$ 150 e 200 milhões mensais para começar o mês o que facilitava o cumprimento e isso foi caindo gradativamente desde que Gilmar Olarte assumiu o comando da administração da Capital”, afirmou o secretário. “Essa situação , na verdade foi algo que verificamos assim que assumimos a prefeitura em 2013 pois o ex-prefeito Nelsinho Trad elevou os gastos no apagar das luzes da sua administração e nós recebemos a prefeitura com um déficit em torno de R$ 3,6 milhões”. Esta foi a afirmação do prefeito Alcides Bernal que no entanto disse durante o ano de 2013 procurou cortar gastos e conseguiu um superávit de R$ 39 milhões , mas agora já recebeu a prefeitura deficitária em mais de R$ 78 milhões em números referentes até o mês de agosto. Embira tenha afirmado que ainda deverão ser auditados os gastos da Administração Municipal principalmente entre março de 2014 e agosto de 2015, para saber o que teriam levado a administração municipal a este estado de penúria financeira, Alcides Bernal afirmou que houve um completo desrespeito a condução dos gastos da prefeitura . “Vamos analisar tudo mais atentamente , mas por enquanto queremos é colocar as contas em dia , com o pagamento de funcionários e fornecedores. O secretário Disney Fernandes disse que há necessidade de um trabalho de otimização que assegure que Campo grande tenha um desempenho de arrecadação melhor sobre diversos tributos como ITBI, ISS, ISS Simplificado, Taxas e dívida Ativa. “Hoje nós arrecadamos muito abaixo do que outras cidades do mesmo porte de Campo grande conseguem arrecadar e isso tem que mudar com a otimização dos serviços de arrecadação” conclui Disney Fernandes.
Fonte: Diariodigital

Confira também

Pizzaria é autuada por funcionar com mais de 40% da capacidade em Campo Grande

Pizzaria localizada na Vila Célia, em Campo Grande, foi autuada na noite desta sexta-feira (8) …