PRF reforça alerta para uso do cinto de segurança

Maioria das oito vítimas fatais de tragédia na BR-267 não usavam cinto, revela PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou na manhã desta sexta-feira (4) a Operação Independência nas rodovias de Mato Grosso do Sul. A orientação é mais uma vez para que os motoristas se atentem ao uso do cinto de segurança, principalmente em veículos de passageiros. “Carros de passeios já estão atentos a isso, mas nossa dificuldade é com veículos que carregam muitos passageiros, onde muitas pessoas não tem o costume de usar o cinto de segurança”, atenta Tércio Bággio, inspetor da PRF. Um exemplo de que o cinto de segurança ainda não é usado devidamente aconteceu nesta semana na BR-267. A tragédia matou oito pessoas de uma van e revelou que cerca de 80% dos passageiros não usavam o cinto. “Uma pessoa saiu com vida do acidente, e ela estava usando cinto de segurança, equipamento que pode salvar muitas vidas ou amenizar as consequências de um acidente”, alerta. O inspetor revela que houve redução no número de acidentes nas rodovias de MS e também no número de mortes, mas alerta que ainda é necessário prudência dos condutores, seja de qualquer veículo. Orientações – A PRF orienta que o motorista faça sua viagem durante o dia, especialmente nos trechos de pista simples. Sendo necessário viajar a noite, cuidado especial ao cruzar veículos, momento em que precisa alternar para farol baixo, o que reduz de forma significativa o alcance da visão. Caso o animal apareça repentinamente na frente do veículo, evitar movimentos bruscos no volante, o que pode ocasionar o capotamento do veículo. A frenagem deve ser firme e o movimento no volante, suave tentando sair para o acostamento, se houver. Em qualquer situação, respeito a velocidade da via, ajuda em muito a evitar os problemas decorrentes de animais da pista, seja de dia ou a noite.

 

Fonte: Diariodigital

Confira também

Simone Tebet tenta reverter desvantagem em disputa no Senado no “corpo a corpo”

Para reverter a desvantagem na disputa pela presidência do Senado Federal em relação ao senador …