PF suspeita que Lula se beneficiou de desvios na Petrobras

A PF (Polícia Federal) pediu ao STF (Supremo Tribunal Federal) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja ouvido no caso que investiga desvios de dinheiro da Petrobras, no âmbito da Operação Lava Jato. As informações foram publicadas nesta sexta-feira (11) no site da revista Época.

Segundo a reportagem, Lula teria se beneficiado enquanto ainda era presidente da República. A publicação traz a imagem de um documento que teria sido enviado pelo delegado da Polícia Federal em Brasília Josélio Sousa ao STF.

No documento, o policial argumenta que “a pessoa do então presidente da República, LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA que, na condição de mandatário máximo do País, pode ter sido beneficiado pelo esquema em curso na PETROBRAS, obtendo vantagens para si, para seu partido, o PT, ou mesmo para seu governo, com a manutenção de uma base de apoio partidário sustentada à custa de negócios ilícitos na referida estatal”.

 

 Lula não tem foro privilegiado, portanto, pode ser investigado em outras varas federais. Mesmo assim, o delegado Josélio Sousa preferiu manter o caso no Supremo. O motivo, porém, não foi explicado.

O ex-presidente Lula já é investigado pelo MPF (Ministério Público Federal) por suposto tráfico de influência. Ele teria articulado em favor da construtora Odebrecht, também envolvida no petrolão, em países onde a empresa tinha contratos com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Lula nega as acusações.

Confira também

Governo do RJ cria carnaval fora de época

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, sancionou lei que cria um carnaval …