MP denuncia ex-motorista de Cristiano Araújo à Justiça por homicídio culposo

O promotor Nelson Vilela Costa, da 2ª Promotoria de Justiça de Morrinhos (GO), apresentou ao Tribunal de Justiça do Estado de Goiás uma denúncia contra o ex-motorista de Cristiano Araújo, Ronaldo Miranda, nesta segunda-feira (21). O Ministério Público do Estado definiu que o profissional irá responder judicialmente pelo crime de duplo homicídio culposo – quando não há intenção de matar.

O profissional conduzia o carro envolvido no acidente que resultou na morte do sertanejo e sua namorada, Allana Moraes, em junho deste ano. Com a denúncia apresentada, Costa aceitou o indiciamento feito pela Polícia Civil, que constatou que a velocidade com que o veículo estava sendo conduzido contribuiu para o acidente fatal – de acordo com laudo da Range Rover, o automóvel estava a 179 km/h no momento do capotamento na BR-153.

Ainda segundo a investigação, outros fatores que colaboraram para a tragédia seriam a troca de rodas originais do carro por outras danificadas e o fato de que o casal não usava cinto de segurança no banco traseiro.

Vale lembrar que a pena para homicídio culposo na direção de veículo automotor pode variar entre dois e quatro anos de detenção, além de suspensão da Carteira Nacional de Habilitação ou proibição de obter uma nova.

Confira também

Esquerda tem dificuldade para caminhar unida

A esquerda sul-mato-grossense perdeu força nos últimos anos. Esse cenário pôde ser visualizado mais precisamente …