Movimentos sociais preparam protestos

O desfile que marca as comemorações do Dia da pátria promete ser dos mais agitados por movimentos sociais já estão convocando simpatizantes para se manifestarem durante e após a tradicional parada cívico militar. Trata-se de uma nova versão do que foi chamado de grito dos excluídos que sempre marcou o encerramento das comemorações  de Sete de setembro em todo o país. Integrantes de movimentos sociais já se deslocam desde o município de Nova Alvorada do Sul em uma marcha que deve chegar em Campo Grande no dia 7 de setembro. Trata-se do protesto batizado de 1ª Marcha Estadual dos Movimentos Sociais uma coalizão de oito movimentos, entre eles o Movimento Sul-Mato-Grossense Agricultura Familiar (MAF). Já os integrantes do Movimento Pátria Livre, pertencente à Aliança Nacional dos Movimentos Democráticos, recebeu autorização do Exército Brasileiro para fazer um protesto democrático e organizado dentro do tradicional desfile da cidade. O grupo vai levar um caixão em sinal de luto pelo Brasil, nos dois sentidos da palavra. Luto pela morte da ética, moralidade, economia, saúde e emprego; e luto também pela vontade de muitos brasileiros de lutar pelo país. Além de Campo Grande, estão previstas manifestações populares no dia da independência em várias cidades de Mato Grosso do Sul. Todos protestando pelo mesmo motivo, representando a luta por um país melhor.

 

Fonte: Diariodigital

Confira também

De capataz a psicólogo, Funtrab oferece 183 vagas de emprego

A Funtrab (Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul) oferece 183 vagas de emprego nesta segunda-feira (22) …