Bolsonaro chama refugiados de “escória do mundo”

São Paulo – O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) disse, na última quinta-feira, que os refugiados que chegam ao Brasil são “escória do mundo”.

A declaração foi dada pelo parlamentar durante uma entrevista ao Jornal Opção, de Goiás, logo após participar do I Workshop da Justiça Criminal em Goiânia.

Após ser questionado sobre a situação dos militares no Brasil, o deputado diz que eles estão “desaparelhados”.

“Não sei qual é a adesão dos comandantes, mas, caso venham reduzir o efetivo [das Forças Armadas]é menos gente nas ruas para fazer frente aos marginais do MST, dos haitianos, senegaleses, bolivianos e tudo que é escória do mundo que, agora, está chegando os sírios também. A escória do mundo está chegando ao Brasil como se nós não tivéssemos problema demais para resolver”, disse.

“Assim como a luta armada começou em 1966, e eles não estavam tão aparelhados assim, por isso foram derrotados, agora eles estão muito melhores preparados do que nós, o que é pior”, disse.

Infartada ou com câncer

Bolsonaro disse, ainda, que, se dependesse dele, Dilma Rousseff deixaria o cargo imediatamente.

“Espero que o mandato dela acabe hoje, infartada, com câncer ou de qualquer maneira”, disse. “O Brasil não pode continuar sofrendo com uma incompetente, ou ‘incompetenta’, à frente de um país tão grande e maravilhoso como esse aqui”.

Confira também

Funasa/MS notifica ex-prefeito de Aquidauana

A Superintendência da Fundação Nacional de Saúde de Mato Grosso do Sul (Funasa/MS) notificou o …