Vereadora Lucinete questiona possível farra com dinheiro publico

A vereadora Lucinete Leite Lino (PMDB) usou a tribuna na sessão desta segunda-feira dia (03) para comentar a recomendação do Ministério Público enviado a câmara municipal para verificar possíveis irregularidades em diversos contratos da prefeitura de Bela Vista.

De acordo com a vereadora “Quem anda pela cidade de Bela Vista acaba se deparando com uma situação complicada. Ruas mal conservadas, pavimento esburacado ou remendado acabam tirando a paciência de quem anda de carro, bicicleta, moto ou ônibus, salários atrasados, funcionários do hospital com três meses sem receber, esses fatos chamam a atenção dos Vereadores de Oposição e da população”.  

Alguns pontos nos chamam atenção e causa grande tristeza, os gastos abusivos desta administração, me deixa triste saber que os moradores do Bairro Novo Habitar não têm água potável, e no carnaval a prefeitura gastou 350 fardos de água mineral, porque não levar para os moradores”.

Além disso, me causa enorme estranheza, ver que a prefeitura gastou 400 fardos de refrigerante no carnaval, será que foi distribuído refrigerante para a população que estava no carnaval, duvido muito, comentou a vereadora.

Outra coisa que me deixo horrorizada e que durante o carnaval a prefeitura locou 4.000 (quatro mil jogos de cadeira e mesa), se isso não bastasse, locaram mais 1.500 (mil e quinhentas cadeiras) isso e um absurdo. A pergunta que faço, será que tinha cadeira para os foliões sentarem.

Lucinete disse ainda que os gastos feitos pelo município com locação de caixa térmica são absurdos. Foram locadas 220 caixa térmica de 520 litros, para colocar os gelos.

A vereadora comentou que em Bela Vista tem escola que não tem banheiro para os alunos fazerem suas necessidades, e no carnaval foi locado 100 (cem) banheiro químico, e tem escola que não tem banheiro digno as crianças.

Outro absurdo que me chamou a atenção foi à quantidade de gelo que foi gasto durante os cinco dias de carnaval, 3500 (três mil e quintas) barras, aonde foi parar tanto gelo, isso e brincar com o dinheiro da população, disse Lucinete.         

Segundo a vereadora Lucinete, situações como essa lamentavelmente estão se tornando um hábito em Bela Vista. Gastaram 750 (setecentos e cinqüenta mil) com o carnaval e alegam que não tem dinheiro para pagar os funcionários que estão passando necessidade, não tem medicamento no ESF – Central, o hospital pedindo socorro, mas para realizar festa junina, carnaval tem dinheiro.  

“No mínimo, isso é uma falta de eficiência na aplicação do dinheiro público, temos maquinários todas em cima de toco, não tem dinheiro para comprar as peças, mas para pagar 600 (seiscentos mil) de publicidade, para contratar uma F-400 para fazer mudança no valor de R$ 48.000,00 (quarenta e oito mil reais) tem dinheiro. Com esse dinheiro todo, o mínimo que o alcaide tinha que fazer é dar manutenção dessas máquinas e botá-las para trabalhar em prol da comunidade.

“A administração pública tem que buscar sempre o melhor preço, aliado à qualidade, será que isso acontece em Bela Vista, pois foi feito locação de maquinários no valor de R$ 777.000,00 (setecentos e setenta e sete mil reais), porque não manda arrumar as maquinas que estão no toco, fica minha indignação com a forma que esse alcaide trata o dinheiro publico.  

Pelo visto o dinheiro do contribuinte está sendo jogado pelo ralo, estão fazendo farra com o dinheiro publico. Quero parabenizar o Ministério Público de Bela Vista sério como é, fez a solicitação de investigação a respeito desses absurdos que estão acontecendo em Bela Vista, disse Lucinete.

Vereadora Lucinete Leite Lino, afirma que população não aguenta mais descaso com o municipio – Foto fronteira news.

 

Confira também

Com investimento de R$ 2,8 milhões, governo fará reforma geral da Escola Antônio Pinto Pereira, em Jardim

Com investimento de R$ 2,8 milhões, o Governo do Estado fará a reforma geral da …