Quatro são suspeitos de furtar 100 motos Biz na capital de MS, diz polícia

Delegado diz que os suspeitos usavam placas “frias” para efetuar a venda.
Além deles, Polícia Civil procura outros possíveis envolvidos neste crime.

Polícia apreendeu algumas motocicletas com a quadrilha (Foto: Graziela Rezende)

A Polícia Civil prendeu quatro homens suspeitos de furtar veículos em Campo Grande. Segundo o delegado Gustavo Ferraris, adjunto da Delegacia Especializada de Repressão ao Furto e Rouo de Veículos (Defurv), eles furtaram ao menos 100 motos Biz nos últimos três anos. Além deles, investigadores procuram outros possíveis envolvidos no crime.

“Eles adulteravam as placas, com a supressão de seus sequenciais identificadores e a afixação de placas de licença frias. O primeiro suspeito de 24 anos foi autuado em flagrante por receptação e, em seguida, tivemos êxito em localizar o suspeito de 37 anos, que foi levado para a delegacia. Em um primeiro momento, ele negou o crime, mas depois acabou confessando. Os outros suspeitos de 25 e 34 anos foram presos em seguida”, afirmou  o delegado.

A quadrilha deu detalhes de como agia, sendo que um furtava e os outros cuidavam da adulteração e revenda dos veículos. “Eles pegam placas de carros com problemas administrativos e também revendiam sem placas, dizendo que eram motos de leilão”, explicou o delegado.

Os suspeitos respondem por furto qualificado, associação criminosa e receptação.

Confira também

TJMS nega desbloqueio de bens de juiz de MS investigado por improbidade

A 2ª Câmara Cível do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negou provimento a agravo …