Prefeitura não deposita pagamento e médicos continuam em greve

Categoria aguardava comprovante de depósito para decidir pelo fim da paralisação

Médicos estão em greve desde sábado

A Prefeitura de Campo Grande não depositou o salário dos médicos nesta terça-feira (18) e a categoria permanece em greve. O pagamento estava previsto para a data desde julho, por conta do escalonamento feito pela administração municipal.
Na segunda-feira (17), em uma reunião entre representantes da prefeitura e do Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul (Sinmed) ficou acordado que a categoria iria aguardar o comprovante do depósito para marcar uma assembleia e decidir pelo fim da paralisação. Em contrapartida, a prefeitura se comprometeu a não fazer escalonamento do próximo pagamento.
A assessoria de imprensa do Sinmed disse ao Portal Correio do Estado que não foi acusado o pagamento e, por este motivo, a greve continua nos mesmos moldes. Não há assembleia marcada para definir os próximos passos do movimento.
A greve ocorre em todas as unidades de saúde e apenas 30% do efetivo está sendo mantido para atendimento de urgência e emergência.

Confira também

De borracheiro a servente, Funsat tem 1,2 mil vagas de emprego

A Funsat (Fundação Social do Trabalho) oferece 1.229 vagas de emprego, em Campo Grande, nesta …