Prefeitura da Capital planeja entregar nova iluminação, teatro de arena e calçamento do Horto

Dentro de quatro meses, provavelmente antes do Natal, a Prefeitura planeja entregar a segunda etapa de revitalização do Horto Florestal, que depois de quase 20 anos, sem receber qualquer melhoria, recebeu melhorias nos últimos três, um trabalho coordenador pelo agora secretário de Meio Ambiente, Valdir Gomes e a primeira-dama , Andréia Olarte. Nesta nova etapa, o que se pretende é implantar uma nova iluminação, substituição de todo o calçamento e melhorias no teatro de arena.

Nesta fase inicial entregue nesta segunda-feira, houve o investimento de R$ 400 mil, com utilização de pessoal da própria Secretaria Municipal de Infraestrutura, que recuperam a parte de jardinagem e paisagismo,colocação do piso tátil, reformaram os banheiros (com instalação de pias e troca de encanamento), pintaram e eliminaram goteiras, infiltrações, de prédios como o da biblioteca e que o vai abrigar o núcleo de trânsito da Guarda Civil Municipal.

Segundo o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Valdir Gomes, com este posto da guarda, as famílias voltarão a freqüentar o horto que na sua avaliação estava nas mãos de marginais e consumidores de drogas”. Ele garantir que continuará trabalhando , mesmo diante de algumas críticas, ao seu precipitadas,com questionamentos sobre uma suposta descaracterização do parque que é tombado pelo patrimônio histórico do município. “Não mudamos o projeto original. O que aconteceu é que os tijolinhos já estavam em situação de mofo, se desmanchando, por isso era necessária uma pintura. A passarela está vermelha porque voltou ao original”, salienta Valdir Gomes.

A área com mais de seis hectares primeiro abrigou um matadouro. Depois, em 11 de janeiro de 1923, foi transformada em parque pela Câmara Municipal. Em 1956, recebeu o nome de Horto Florestal e passou a ser usado como sede do Serviço de Parques e Jardins do município. A atual estrutura foi entregue em maio de 1995 pelo então prefeito Juvêncio César da Fonseca.

Confira também

Escolas de MS ficarão fechadas por um ano

O governo do Estado decidiu que o retorno das aulas na Rede Estadual de Ensino …