Polícia prende mulheres suspeitas de comandar o tráfico em bairros de MS

Operação “Alerta 181” ocorre em Campo Grande desde o início da semana.
Delegado diz que ainda faz diligências por suspeito de tráfico de drogas

Prisões ocorreram durante operação da Denar em Campo Grande (Foto: Divulgação/ Polícia Civil de MS)

Sete pessoas foram presas pela Polícia Civil no decorrer desta semana. O delegado João Paulo Sartori, adjunto da Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar), ressaltou nesta quinta-feira (13) que a operação “Alerta 181” foi deflagrada e as mulheres, que seriam líderes do tráfico na Vila Progresso, Nhá Nhá, entre outros bairros, foram presas em flagrante.

“Nós estamos investigando as denúncias há 15 dias e por conta disso efetuamos quatro flagrantes e cumprimos três mandados de prisão. São cinco prisões de mulheres e dois homens, que são líderes do tráfico na Vila Progresso, Vila Nhá Nhá e outros bairros próximos. Eles confessaram o crime e foram pegos com R$ 15 mil em cocaína pura, além de dinheiro, celular, veículo e outros pertences”, afirmou o delegado.

Durante as buscas, a Polícia Civil ainda prendeu uma mulher com mandado de prisão expedido a seu desfavor no Estado de São Paulo. O crime é de lavagem de dinheiro. Todos os outros suspeitos respondem por tráfico de drogas. A pena para este crime varia de 5 a 15 anos de reclusão.

Confira também

MS já soma 127 notificações de dengue em 2021

O SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgou, nesta quarta-feira (13), o primeiro boletim epidemiológico de …