Obras de hospitais e segurança são discutidas por Bernal e Azambuja

Reunião entre prefeito da capital e governador de MS foi nesta sexta-feira.
Na quinta-feira, Bernal se reuniu com vereadores na Câmara Municipal.

Gabriela Pavão

Reunião entre prefeito da capital e governador de MS foi nesta sexta-feira.

No encontro entre o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP) e o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), na manhã desta sexta-feira (28), foram discutidas prioridades para a capital sul-mato-grossense nas áreas de saúde, segurança e infraestrutura. Oencontro foi no gabinete do tucano, na governadoria.

Em pouco mais de 30 minutos de reunião a portas fechadas, os chefes do executivo municipal e estadual falaram sobre as obras dos hospitais do Trauma e do Câncer. Foram pactuadas entre estado e município a conclusão das duas construções, além da duplicação da avenida Dom Antônio Barbosa e de trecho da MS-080 entre a avenida Presidente Vargas e o anel rodoviário deCampo Grande. A licitação para a duplicação da avenida Dom Antônio Barbosa foi publicada no Diário Oficial do Estado no dia 12 de agosto e será aberta no dia 14 de setembro.

Segundo Azambuja, existe um acordo com o Ministério Público Federal (MPF) para assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) autorizando a retomada das obras dos dois hospitais. No caso do Hospital do Câncer, a obra já conta com recursos de R$ 1,2 milhão do governo estadual para conclusão de dois pavimentos.

“A parceria da prefeitura seria para equiparmos esse hospital e termos a regularidade dos pagamentos mensais para a manutenção dos dois hospitais”, explicou o governador.

Bernal reforçou que precisa da ajuda do governador para atender às necessidades da capital do estado. “Nós sabemos que Campo Grande está com as finanças realmente quebradas. Eu vim aqui hoje para dizer ao governador do Estado que precisamos fortalecer as parcerias, principalmente na área da saúde porque nós atendemos a todos, independente de morarem ou não em Campo Grande, porque a saúde é universalizada”, ressaltou.

Azambuja avaliou a reunião após o término. “Pactuamos aqui um canal aberto entre o governo do estado e prefeitura de Campo Grande para trabalhar as ações e os assuntos pertinentes. Das ações que tratamos, algumas já estavam em andamento e vão ter continuidade. Outras o prefeito Alcides vai ver com sua equipe quais são as prioridades para serem implementadas”, afirmou Azambuja.

A Caravana da Saúde e integração da segurança com a Guarda Municipal também foram temas debatidos entre eles. Azambuja disse que convidou Bernal para conhecer o projeto que leva atendimento médico para regiões do interior do estado.

As parcerias firmadas entre governo e prefeitura também incluem áreas da infraestrutura urbana, com recuperação de vias, segurança pública, com integração de ações entre as polícias estadual e a Guarda Municipal.

Confira também

Johnys Basso solicita providencias urgente na execução do serviço de reparos na iluminação pública no Damacue

O vereador Johnys Hemory Denis Basso (DEM) apresentou indicação verbal na sessão ordinária dia (13) …