Jovens debatem presente e futuro de Corumbá durante Conferência

O auditório do Anfiteatro Salomão Baruki ficou lotado para a abertura da 3ª Conferência Municipal de Juventude de Corumbá, realizada na tarde desta quarta-feira, 12. Na platéia, estudantes de escolas públicas e particulares envolvidos com o tema “As várias formas de mudar o Brasil”, a mesma questão que será abordada durante a Conferência Nacional.

“Este é o momento para um diálogo aberto e democrático”, enfatizou o gerente de Políticas para a Juventude, Jonathan França da Cruz, que ainda enfatizou o evento como “momento propício para a consolidação de metas e objetivos” para o presente e o futuro da cidade e dos jovens que nela vivem.

Representando o prefeito Paulo Duarte, a vice-prefeita e diretora-presidente da Fundação de Cultura, Márcia Rolon, convocou os participantes para promoverem um debate vanguardista e participativo, voltado ao bem comum de toda a sociedade. “O Poder Público está aqui e vocês são os nossos assessores. Estamos todos aqui para ouvi-los”, comparou.

Márcia ainda destacou pontos importantes do Estatuto do Jovem, quer no último dia 5 de agosto completou dois anos de existência. “Criatividade, experimentação, dialogo entre gerações, intersetorialidade, acesso, profissionalização, linha de crédito, saúde, drogas, capacidade criatividade, livre expressão e segurança são palavras presentes no estatuto e que merecem uma reflexão mais ampla sobre cada uma”, completou.

Para a secretária municipal de Assistência Social e Cidadania, Mabel Sahib Aguilar, Corumbá possui uma Administração que pensa e trabalha para o jovem. “Temos uma gerência e um conselho municipal atuantes. O Estatuto da Juvemtude completou dois anos agora e muito temos feito. Temos que parabenizar os jovens participantes desse grande evento, parabenizar aqueles que participaram também das conferências livres. Esta é uma oportunidade que todos estão tendo de serem protagonistas, contribuindo, discutindo e propondo ideias para as várias formas de mudar o Brasil, a nossa cidade, o bairro em que vivem”, ressaltou, lembrando que a administração do prefeito Paulo Duarte possui políticas públicas voltadas aos jovens, “implementadas e trabalhadas pela Gerência e pelo Conselho da Juventude”.

Também presente na Conferência, o secretário municipal de Governo, Marcio Cavasana, fez um panorama das políticas públicas antes e depois dos anos 2000 e lembrou da luta para a criação de programas hoje consolidados, como o ProUni e o Projovem. “Não é fácil convocar um evento como este, desta importância e criado para ouvir o que vocês pensam. E o prefeito Paulo Duarte tem essa sensibilidade”, afirmou.

Confira também

Vacinas chegam em MS à tarde e campanha pode começar nesta segunda-feira

O Ministério da Saúde prevê que Mato Grosso do Sul e 25 unidades da Federação recebam suas …