Greve dos profissionais de Enfermagem de Bela Vista começa nesta quarta-feira

Nesta quarta-feira (12/08) profissionais de enfermagem do Hospital Beneficente São Vicente de Paula, da cidade de Bela Vista (344km de Campo Grande) iniciam greve, por tempo indeterminado, motivada por atrasos salariais e dívidas trabalhistas. A instituição de saúde alega falta de recursos e destaca que o aporte financeiro do governo, 15 mil reais, é insuficiente tendo em vista que as despesas chegam a 650 mil reais.

O hospital é referência na região, atende cerca de 50 mil pessoas dos municípios de Bela Vista, Caracol, Porto Murtinho e Antônio João. Também recebem pacientes do Paraguai das cidades São Carlos e Bella Vista-Norte.

Greve

A greve foi aprovada pelos trabalhadores em assembleia geral, após tentativas de diálogo do SIEMS (Sindicato dos Profissionais da Área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul) com o administrativo do hospital, prefeitura e câmara municipal.

“Os trabalhadores estão com meses de salários atrasados. Além disso, há 5 anos não têm reajustes salariais e os valores referentes ao INSS e Fundo de Garantia não são depositados. Na quarta-feira a categoria irá à câmara municipal solicitar a intermediação haja vista que notificamos não só ao prefeito, mas também a todos os vereadores que já estão cientes problema”, explica o presidente do SIEMS Lázaro Santana.

Promessa do Estado

O setor administrativo do hospital explicou ao sindicato que aguarda promessa do governo de aumento do aporte financeiro para regularizar a situação dos profissionais em enfermagem. “Segundo a administração, o secretário estadual de saúde procurou a instituição e afirmou que aumentaria o repasse. Mas, até hoje não retornou o diálogo e o valor recebido continua o mesmo, R$ 15mil reais”, explica o presidente do SIEMS.

Confira também

Prefeitura de Campo Grande abre processo seletivo para motorista do Samu

A prefeitura de Campo Grande divulgou, na sexta-feira (22), a abertura do processo seletivo interno …